19.04
Novo photoshoot e entrevista para GQ

Publicado por Biah Frazão

Em fevereiro Sophie concedeu uma entrevista a revista GQ que veio a ser divulgada com um novo photoshoot para a mesma. Confira a matéria traduzida e as imagens em HQ logo abaixo:

Em X-Men: Apocalipse, a atriz inglesa de 20 anos vai finalmente compartilhar algumas mágoas com a jovem Jean Grey, uma versão adolescente da telepata da Marvel Comics que ficou famosa. Turner diz que dedicou boa parte do seu tempo em praticar as expressões na frente do espelho de controle da mente feitos por Grey. “Eu era como ‘Eu não quero parecer idiota fazendo isso’.”

  • Em uma escala de 1-10, o quanto você quer que Sansa seja f*dona nessa temporada?

Dez! DEZ! Obviamente. Eu quero que ela levante do inferno.

  • Qual cabelo leva mais tempo para ficar pronto na série: o seu ou do Kit Harington?

Essa é uma boa pergunta. Se dependesse do Kit para arrumar, ele iria demorar mais. Mas é o meu que leva mais tempo. Ele acorda e seu cabelo está ótimo naturalmente. Ele tem perfeitos e pequenos cachinhos. Ele parece incrível. O meu leva um tempo. Eu não acordo parecendo Kit Harington.

  • Qual é o segredo? Como ele faz isso?

Ele vai me matar por dizer isso, mas se estamos no red carpet, eu juro que ele vai ficar horas na frente do espelho. Eu vi ele fazer isso. Mesmo que acorde perfeito, nunca é bom o suficiente para ele. Ele definitivamente vai me matar.

  • Você sempre fica preocupada ao folhear um script e ler que Sansa vai morrer?

Oh meu Deus, eu fico tão apavorada.

  • É o medo que todos na série tem?

Sim. Meu Deus. Sim. É louco. Quase todos os dias quando estamos no set somo como: “Quem você acha que será o próximo?” É quase como viver em um projeto de Blair Witch.

  •  O que acontece no set quando alguém morre?

Há sempre um monte de bebidas no bar. Mas agora não estamos mais tão acostumados a ele. Estamos habituados a fazer grandes coisas quando outros morrem. Mas há tantas pessoas que morrem agora, que somos como: “Realmente não posso me permitir a fazer isso, cara. Nós estivemos fora todas as noites.”

  • Com Sansa, você esta sempre tendo que entrar nesse lado escuro para interpreta-la. E então no Twitter e Instagram você é, tipo, um raio de sol adolescente hilária. Você esta ciente desse contraste? Há algo que você esta perpetuando para mostrar a todos ‘Hey! Esta sou eu?!

Eu não sei se estou tentando meu melhor para ser feliz quando estou gravando uma série tão deprimente. Eu não sei se é uma [coisa] intencional ou consciente, mas eu definitivamente sou uma pessoa muito feliz.

Você tem que ir para um espaço livre onde possa interpretar Sansa. Mas precisa deixar isso no trabalho. Eu nunca vou entender isso. Especialmente porque as pessoas não percebem isso, mas quando você esta no set é algo que te abala. Não é como se você estivesse em um espaço aberto todos os dias. É um espaço que vou de 15 minutos a uma hora e depois eu volto. Ela nunca me afetou muito.

  • Então, você nunca tem uma noite em que esta temendo uma cena horrível que terá que filmar?

Não, eu deixo isso no trabalho. Se eu fizesse, isso realmente me afetaria. Mas eu não deixo isso se prolongar comigo. Eu a interpreto. Ela não é eu.

  • No novo filme X-Men: Apocalipse, você esta interpretando uma mutante. Você pode controlar mentes. O que podemos esperar da sua Jean Grey?

Essa Jean Grey não é a Jean que vemos nos filmes anteriores, porque, obviamente, esta é um tipo de “prequela” da personagem. Esse filme mostra como Jean se tornou uma poderosa mutante. Nos três primeiros filmes, vê-la foi divertido, porque ela era ela mesma. Ela tem uma bagagem, sabe exatamente quem é e sua moral. Ela tem um relacionamento estável, trabalho e tudo.

Este filme é sobre ela como adolescente, lutando para chegar a um acordo com o seu crescimento no mundo, garotos e tudo o que adolescente faz, mas ela também é uma mutante. E muito poderosa. Mas ela não sabe como controlar seus poderes. É sobre ela se confrontar sobre isso também e ao mesmo tempo tentar não se sentir alienada. É muito intenso.

  • Foi divertido interpretar alguém que parte pra ação?

Sim! Foi muito legal ser capaz de interpretar uma personagem que começa a fazer acrobacias, tipo como um herói. Foi muito divertido explorar esse lado, porque eu morria de vontade de fazer isso há anos.

  • Você fez suas próprias cenas de ação?

Eu tinha uma dublê. Mas eu realmente não faço grandes acrobacias, porque Jean é telecinética.

  • Ah! Então vai ter muita linguagem corporal com seus olhos, levantando e apontando as mãos nas coisas.

[Risos] Sim, exatamente.

  • Será que você praticou isso no seu espelho? O “olhar” do controle da mente?

Oh meu Deus, eu praticava no espelho todos os dias! Eu estava tipo, ‘eu não quero parecer uma idiota fazendo isso.’ Foi realmente terrível. Eu realmente tive que instruir meu corpo nesse filme. Eu tive que aprender a correr! Aparentemente, eu corro de um jeito muito estúpido! Eles tiveram que me ensinar a correr em X-Men. Todas as tentativas foram tão constrangedoras, porque se eu estava correndo ao redor, meus braços estavam batendo em tudo. Aparentemente, eu não tenho coordenação motora.

  • Quer dizer, você deveria correr mais interpretando Sansa?

Eu deveria. Talvez isso ajudasse. Na quarta temporada eu senti como se tivesse sendo executada em literalmente cada cena. Mas não, eu não tive que fazer muita coisa. Agora tudo que faço é sentar e chorar é tipo, minha coisa. Marca registrada.

  • Telecinese. Sentada. Chorando. Você esta arrasando.

Obrigada. Eu tive anos de prática.

  • O que você faria se não fosse atriz? Eu sei que é uma pergunta chata, mas…

Eu gostaria de estar na Universidade. Estudar psicologia ou historia. Eu sou fascinada por psicologia, psicopatas e sociologia. Acabei de ler The Psychopath Test. Você leu isso?

  • Não, eu não li.

Meu Deus, você tem que ler. É como a mente funciona. Eu comecei esse livro chamado Confessions of a Sociopath também. Minha mãe acha que sou louca. Ela é como: “Porque você esta lendo toda essa merda? Isso é aterrorizante. Por que você obcecada por esse material?” Eu só acho isso muito fascinante.

  • Qualquer outra coisa que eu esqueci de te perguntar? Qualquer coisa que você queira contar?

Eu não sei. Há algo que eu queira contar? Não. Ah! Eu realmente gosto do Nando’s.

  • Nando’s? Eu não faço ideia do que seja isso.

É N-A-N-D-O-S. Uma loja de frangos em Londres. É incrível. O melhor do mundo. Se você for a Londres, você tem que ir no Nando’s. Se celebridades os mencionarem em entrevistas, elas ganham um cartão preto. Um cartão preto basicamente é ganhar o direito de comer frango lá por um ano ou algo assim. Estou tentando obter o meu.

  • Eu vou fazer tudo ao meu alcance para que isso aconteça.

Muito obrigada.

  • Obrigado Sophie! Você é maravilhosa e espero que alcance todos os seus sonhos.

Obrigada! Você também, cara. Devemos terminar todas as entrevistas assim.

shotgq.jpg Sophie-Turner-2-1.jpg Sophie-Turner-3-1.jpg Sophie-Turner-4-1.jpg

  • ENSAIOS FOTOGRÁFICOS E PORTRAITS – PHOTOSHOOTS AND PORTRAITS > 2016 > GQ


Sophie Belinda Jonas (nascida Turner, Northampton, 21 de fevereiro de 1996) é uma atriz britânica, mais conhecida por seus papéis como Sansa Stark na série de televisão Game of Thrones da HBO e como a jovem Jean Grey na franquia X-Men.

Sophie Turner no desfile da Louis Vuitton na Paris Fashion Week, 2016. pic.twitter.com/IAg00v0hAe

About 5 hours ago from Sophie Turner Brasil's Twitter via Twitter for iPhone

Nome: Sophie Turner Brasil
Webmiss: Beatriz Frazão
Desde: 26.09.15
Design: Nana Design
Codificação: Uni Design
Visitas:
Online:
Hospedagem: Flaunt

%d bloggers like this: