Em Game of Thrones, Sansa Stark poderia ter sido a Rainha do Norte — e talvez ela ainda possa governar Westeros ao lado de Jon Snow. Mas alianças do Norte são um pouco complicadas, como a atriz Sophie Turner explica na animação nos extras do DVD, e o olhar significativo que Sansa troca com Mindinho no final da sexta temporada só promete futuras complicações. Agora que Turner acabou de filmar suas cenas para a sétima temporada, que foi encurtada, ela está pensando sobre o final do jogo — tanto para sua personagem, quanto para sua parte na série. Em seu caminho para o aeroporto para voar para sua casa em Londres, ela contou à Vulture sobre a luta por poder se sua personagem, por que Sansa precisa de terapia, e por que ela gostaria que o elenco saísse com um estrondo.

Como você descreveria o pensamento da Sansa na sétima temporada, dado o que aconteceu depois de Batalha dos Bastardos?
No final da temporada, Sansa cria gosto pelo poder — e é a primeira vez que ela teve isso, de verdade. Ela sente que é merecido porque ela fez tanto por Jon e pelo Norte, então, quando ela salva o dia e não recebe nenhum reconhecimento por isso, é como se ela tivesse tido aquele primeiro gosto de poder e ele foi imediatamente tirado dela. Tiraram dela o respeito que ela realmente sente que merece. Ela estava tentando dar suas ideias para Jon e tentando ser uma líder colaborativa, mas é difícil quando é um patriarcado e quando existe sexismo. Seria uma boa adaptação que Jon a escutasse e fizesse o que ela diz. Então, ela estava olhando para Mindinho pensando, ‘ah, você está certo. Talvez aquela imagem bonita que você pontou de mim no trono com você do meu lado não seja tão ruim.’ E aí tem o sorriso também, ela indo embora depois de matar Ramsay. Isso também é bastante interessante. Você imagina se é só um sorriso porque é sua primeira matança, porque esse homem está fora da vida dela, ou porque ela vai pegar gosto disso. Se ela gostou. Se o poder subiu à sua cabeça. Mas ela definitivamente está mais poderosa, e será muito interessante ver como ela lida com isso na próxima temporada.

Muito foi feito sobre a perspectiva de uma Sansa Sombria quando ela finalmente teve a chance de mudar seu guarda-roupa no Ninho da Águia, e desceu as escadas completamente de preto. Mas parece ser mais possível uma Sansa Sombria agora…
Ah, sim. Isso é muito mais uma Sansa Sombria. Quando ela mudou a roupa, aquilo foi só uma primeira dica de que ela estava pronta para jogar o jogo. Aquela foi uma versão suave da Sansa Sombria, e agora está realmente parecendo que tem um lado sombrio dela. Ela está jogando o jogo agora, e bastante cruelmente. Quando ela quer algo, ela vai e consegue.

É interessante que muito disso é sinalizado não-verbalmente. O sorriso, o olhar…
É assim que ela sobrevive, sabe? Sansa teve que fazer tudo não-verbalmente. Ela nunca tinha permissão para se impor ou dizer nada. Ela aprendeu a nunca dizer o que ela realmente pensa. Ela sempre teve que manter uma fachada, então é assim que ela joga o jogo, eu suponho. É assim que ela teve que se adaptar a esse mundo muito cruel.

Mas não seria ótimo, no entanto, se ela conhecesse alguém em quem pudesse realmente confiar e conversar? E ter uma sessão de desabafo?
Eu sei! [Risadas.] Ou se pudéssemos ouvir o que ela pensa? Seria hilário. Se eles pudessem escrever isso, seria maravilhoso. Eu amaria isso. Ela seria tipo [em uma voz irritada], “Ugh, e aí tenho que voltar para o Ramsay…” Se pudéssemos ter uma sessão de desabafo completa, isso seria maravilhoso. Ela precisa mesmo de um amigo. Alguém para escutá-la. Ela precisa de um terapeuta. É disso que ela precisa. Suponho que interpretá-la tem sido uma sessão de terapia para mim, também! É uma lição muito interessante observar uma personagem por sete anos, e não estar vivendo aquilo eu mesma, para eu poder ter uma perspectiva de fora disso. Observá-la é como um estudo de caso para mim, e como coisas diferentes vão afetá-la.

Certo, então como seria a sessão de terapia dela?
Ah, Deus! [Risadas.] Bem, primeiro ela teria que trabalhar para se ajustar na nova vida que ela leva. No momento, é para isso que ela precisa de terapia. Reconfigurar o cérebro dela para ligar com o poder que ela agora tem, e como estar no comando. E usar esse poder sem se deixar ser levada por ele. Ela também precisa aprender a confiar. Jon é provavelmente a pessoa mais próxima para ela fazer isso. Eu acho que Mindinho é um ótimo conselheiro, mas você não pode confiar nele.

Mindinho não confia em ninguém, o que faz ser estranho que ele confie nela. Sansa é uma das poucas pessoas que pode fazer isso com Mindinho, já que ela sabe sobre ele ter conspirado para matar Joffrey e ela o testemunhou matar Lysa.
Exatamente! Ela tem poder sobre ele. E depois que ela o confrontou sobre vendê-la para os Bolton, ele deve muito a ela. Ele sabe que tem que ser leal a ela agora, e ele tem que servi-la, porque ela tem muito contra ele. Isso destruiria a reputação dele se ela revelasse qualquer coisas que sabe sobre ele. É complicado. Ela tem poder, mas é uma questão de se as pessoas vão escutá-la ou não. Vocês verão mais disso na próxima temporada.

Enquanto vocês se equipam para o final, qual o clima no set de filmagens?
É definitivamente emocional. Nós podemos sentir tudo chegando a um fim. Nós tínhamos discussões como, O que famos fazer no último dia no set? O que você vai dar aos produtores? Está ficando bastante real agora que estamos chegando ao encerramento. É bastante sombrio no set de filmagens, mas todos estão apenas tentando aproveitar o máximo possível. Tentando tirar o máximo disso. Tentando não tomar nada como garantido.

Para ajudar a levantar o clima no set, talvez vocês possam fazer uma pegadinha com os produtores?
Acho que essa é uma ideia excelente. Eu não sei como poderia fazer uma pegadinha com eles, mas acho uma ideia excelente, considerando que já fizeram várias conosco. Talvez devêssemos todos fingir nos demitir ou algo assim, bem antes da temporada final começar a ser filmada. Pedir uma quantidade exorbitante de dinheiro! Só para ver a cara deles. Valeria à pena, tenho certeza.

Todos são grandes fãs das tatuagens iguais que você fez com Maisie Williams. Outros membros do elenco vão fazer isso também?
Acho que o plano é que todos façam tatuagens iguais se sobrevivermos à oitava temporada. Esse é o plano. mas isso não significa necessariamente que estou nele!

Talvez os membros do elenco que não sobreviverem possam fazer uma tatuagem temporária.
Preferivelmente nos nossos rostos! Nas testas. Como uma tatuagem de gangue. Perfeito. Então estou pronta. A vida está completa. Trabalho feito. Posso morrer feliz agora. [Risadas.]

Esta entrevista foi editada e resumida pela Vulture.



Sophie Belinda Jonas (nascida Turner, Northampton, 21 de fevereiro de 1996) é uma atriz britânica, mais conhecida por seus papéis como Sansa Stark na série de televisão Game of Thrones da HBO e como a jovem Jean Grey na franquia X-Men.

Sophie Turner no desfile da Louis Vuitton na Paris Fashion Week, 2016. pic.twitter.com/IAg00v0hAe

About 4 hours ago from Sophie Turner Brasil's Twitter via Twitter for iPhone

Nome: Sophie Turner Brasil
Webmiss: Beatriz Frazão
Desde: 26.09.15
Design: Nana Design
Codificação: Uni Design
Visitas:
Online:
Hospedagem: Flaunt

%d bloggers like this: