notícia publicada por Laura
Sophie Turner fala da oitava temporada de Game of Thrones
07.12.2017

Com a divulgação das primeiras imagens oficias de X-Men: Fênix Negra, a Variety publicou uma nova entrevista com a Sophie Turner, onde ela fala de X-Men, a última temporada de Game of Thrones, e mais. Leiam abaixo:

1~14.jpg 2s~0.jpg 1s~0.jpg 3s.jpg

Sophie Turner cresceu como atriz em Game Of Thrones. Ela tinha 14 anos quando a primeira temporada da série da HBO foi filmada, a qual estreou em 2011. Agora, já há dois meses filmando a oitava, e final, temporada da série, ela está se preparando para deixar o trabalho que efetivamente iniciou sua carreira  — que agora inclui um papel chave na franquia de filmes da Fox: X-Men  — e embarcar no próximo estágio da sua carreira. Mas, primeiramente há a oitava temporada de GoT, que começou a ser filmada em outubro, e a HBO afirma que estreará em 2018 ou 2019. Depois de um ano longe do ciclo de Emmys, GoT retorna a disputa de prêmios com o próximo Golden Globes. Turner falou com a Variety sobre seu crescimento como uma atriz interpretando Sansa Stark na série, a próxima temporada e seus planos pós-Westeros.

Qual foi sua cena favorita na temporada passada?

Foi, provavelmente, o momento em que você percebe que Sansa irá matar Mindinho (Aidan Gillen), e quando você percebe que Sansa e Arya (Maisie Williams) tinham planejando pelas costas de Mindinho, o que é uma coisa muito impressionante para duas jovens garotas fazerem contra o mestre da manipulação. Foi um momento muito empoderador para ela, usar todas as lições do seu mestre e, finalmente, descarta-lo. A estudante se torna o mestre agora.

Essa cena foi a última cena sua com o Aidan Gillen, o qual você trabalhou muito durante a série. Como foi trabalhar com ele pela última vez?

Foi muito difícil, porque de todas as pessoas com quem eu trabalhei na série, ele foi o único constante da primeira até a sétima temporada. Ele tem sido minha experiencia Game Of Thrones. Um sustento para mim. Então dizer adeus para ele foi muito difícil, especialmente porque a vida imita a arte, de alguma forma, porque ele também era o meu mentor. Eu aprendi tantas coisas apenas por assisti-lo atuar. Era esse estranho paralelo, e uma coisa emotiva para todos.

Como foi para você, durante esses anos de se formar como atriz, estar em uma série como esta, com muitos atores veteranos muito bons?

Meus padrões definitivamente se elevaram. É uma benção e uma maldição Game of Thrones ter sido meu primeiro trabalho e trabalhar com roteiros tão incríveis e tantos atores veteranos maravilhosos, e trabalhar com a melhor equipe. Te torna um pouco pretensiosa. Eu acho. E porque foi meu primeiro trabalho, os atores de Game Of Thrones foram as pessoas com quem eu aprendi a atuar. Eu aprendi a atuar assistindo Lena Headey, Peter Dinklage, Maisie e Kit Harrington e todas essas pessoas diferentes. Eu coloco todos em pedestais tão altos. Pensar em não trabalhar com eles é quase excruciante para mim. Eles foram como eu cresci.

Como Sansa irá passar pela próxima temporada sem o Mindinho no ouvido dela?

Será complicado para ela, porque no final da última temporada, ela sente como se tivesse tudo feito. Ela tem sua família junta novamente. Eles estão no controle do Norte novamente. Nessa temporada, há uma ameaça nova, e de repente ela se encontra de volta no fundo. E sem o Mindinho, é um teste para ela de se consegue ou não passar por isso. É um desafio enorme, sem poder contar com esse mestre na manipulação. Essa temporada é mais sobre uma luta arrebatadora para ela do que algo político ou manipulativo.

Isso é porque, nessa temporada, ela irá encarar uma ameaça menos política e mais existencial, estilo zumbi?

Bom, eu não sei. Nós vamos ter que esperar para ver.

Em que momento da produção vocês estão na oitava temporada?

Nós começamos em outubro, então talvez estamos com um décimo do caminho andado. [Risos] Não, não, nós temos mais seis ou sete meses.

É algum tipo de consciência no set sobre o fato de que essa é a última temporada?

Definitivamente há. Quando todos nós tivemos a mesa de leitura para a última temporada, foi muito, muito emotivo. Pela primeira vez na história de Game of Thrones todo mundo estava ali. Todos os americanos quiseram vir. Cada um do elenco estava ali. Todos nós estávamos meio que sentindo o final chegando. Todos estamos ficando na cidade um pouco mais, saindo para mais jantares, tentando ficar mais tempo juntos. Todos estamos tentando não dar mais por garantido.

Você fez os filmes de X-Men. Agora que você não terá mais Game Of Thrones”, o que mais você quer fazer?

Eu meio que quero fazer tudo. Eu sinto que tudo está acabado no sentido de Game Of Thrones. Não tenho nada para perder agora, porque eu não tenho mais GoT. Eu meio que nasci novamente, porque eu estou em um estágio diferente da minha carreira agora  — não necessariamente em um nível mais alto, eu apenas me encontro em uma versão diferente da minha carreira. Então, eu vou tentar colocar minha mão em tudo.

Você está animada para ano que vem, com X-Men: Fênix Negra, e a oitava temporada de Game Of Thrones, maracados para estreia?

Sim, estou muito animada. Game of Thrones estreia em 2019. Fênix Negra em Novembro. E eu tenho alguns filmes indie para estrear. Eu sou produtora do meu próximo filme Girl Who Fell From the Sky. Então estou muito animada sobre o futuro.

Tradução: Juliana Piazza (Equipe Sophie Turner Brasil) | Fonte: Variety