Sophie concedeu entrevista ao Europa Press ES recentemente e falou sobre o jogo de poder que envolve Sansa Stark em Game of Thrones. Confira traduzido abaixo:

A sexta temporada de “Guerra dos Tronos” chegou ao seu fim. E nela, além de ressurreições, traições, vinganças e, é claro, mortes, os fãs da série assistiram à culminação da metamorfose assombrosa de Sansa Stark. “Não é mais uma menina inocente,” afirma Sophie Turner, que exalta a enorme evolução de sua personagem que, por força de infortúnios, aprendeu a jogar o grande jogo dos tronos. Um jogo em qual, como o resto dos participantes, a jovem loba também tem suas aspirações.

“Não sei se algum dia veremos Sansa governar ou reinar, mas ela tem potencial para tanto,” afirma Turner em uma entrevista à Europa Press concedida durante sua visita à Espanha com a ocasião do final da sexta temporada da série que Movistar+ emitiu. Isso sim, a jovem atriz britânica quer deixar claro que não se vê sentada no Trono de Ferro. É uma aspiração, ela assegura, que Sansa nunca teve. Mas para uma Stark a coisa muda quando se fala de Winterfell.

“O Trono de Ferro não é algo que ela almeja, e acontecer seria algo circunstancial. Mas creio que Sansa acredita que merece o título de Rainha do Norte. Ela fez com que Jon e seu exército ganhassem a Batalha dos Bastardos e sim, gostaria de governar Winterfell… no final do dia, ela é uma Stark,” diz Turner, que concorda que sua personagem é uma das que “mais cresceu” na finalizada sexta temporada.

“Agora, Sansa tem muito mais força,” afirma a atriz, que também destaca como à medida que cresce o peso da jovem Stark também crescem as relações que estabelece com o resto dos personagens e como esses a veem, especialmente no caso de seu meio-irmão Jon Snow e do esperto Mindinho, com quem tem “uma relação muito estreita.”

“Não é mais a irmãzinha inocente de Jon nem o peão de Mindinho neste jogo de xadrez; agora é ela quem move as peças e faz com que comam de sua mão. Pouco a pouco, Jon vai se dando conta de que já não é mais uma menina, que tem tanto quanto ou mais experiência que ele no que se refere a manipular e jogar este jogo,” aponta a atriz britânica, que tem uma opinião muito sincera em relação ao astuto Lorde Petyr Baelish.

“Pessoalmente, vejo Mindinho mais como um aliado que inimigo para Sansa,” diz Turner, que se apega ao ocorrido no penúltimo capítulo da sexta temporada para confiar, sempre relativamente, em Mindinho. “Pus à prova na batalha contra Ramsay e ele provou sua lealdade; sua culpa expirou,” insiste a atriz, que, em todo caso, reconhece que a jovem Stark andará com muito cuidado porque “a final de contas é Mindinho, não sei se deve confiar muito nele.” “Mas Sansa não é estúpida, ela estará vigiando.”

MULHERES AO PODER

Fazendo um balanço, Turner concorda em afirmar que, junto de Sansa, foram outras personagens femininas como Cersei Lannister, Daenerys Targaryen ou Arya Stark que marcaram o ritmo no final de temporada mais aclamado de uma série que, em não poucas ocasiões, tinha sido tachada de machista e misógina.

“É certo que houve um maior protagonismo das mulheres nesta temporada, mas não acho que seja uma resposta às críticas, porque é simplesmente a forma em que os personagens são desenvolvidos e já estava planejado. Todas estas mulheres são fortes por si mesmas, ainda é possível que o público possa ver assim porque houve uma mudança muito notável nos personagens femininos. Mas a série sempre planejou assim,” afirma a atriz, que com um olho no futuro, disse não ter “nenhuma ideia” de quantas temporadas restam para a série da HBO.

Isso sim, Sansa sabe que o final se aproxima porque “os personagens vão se juntando, se unindo e isso faz adivinhar que o desfecho se aproxima” e tem mais ou menos claro como a história de Guerra dos Tronos terminará: “Acabará com uma grande batalha, uma grande luta entre Gelo e Fogo. E com muita morte.”



Sophie Belinda Jonas (nascida Turner, Northampton, 21 de fevereiro de 1996) é uma atriz britânica, mais conhecida por seus papéis como Sansa Stark na série de televisão Game of Thrones da HBO e como a jovem Jean Grey na franquia X-Men.

Pois é gente, não tem pano pra passar… E concordamos com muitos pensamentos, só esperemos um pronunciamento a respeito do assunto, porém tem certos comentários que estão passando do limite com as ofensas.

About 2 days ago from Sophie Turner Brasil's Twitter via Twitter for iPhone

Nome: Sophie Turner Brasil
Webmiss: Beatriz Frazão
Desde: 26.09.15
Design: Nana Design
Codificação: Uni Design
Visitas:
Online:
Hospedagem: Flaunt

%d bloggers like this: